Como criar uma biblioteca comunitária em 1 passo simples

Alguns leitores deste blog, empolgados com a possibilidade de também criar uma biblioteca comunitária, têm me perguntado como proceder para isso.

  • Leia sobre a Biblioteca Pote de Mel

Ao pensar na simplicidade da atitude – que, sim, pode fazer diferença para a sua comunidade -, fico até com certo pudor de explicar como fazer isso.

Consiste em apenas um passo simples:

  1. faça.

Claro que ele se divide em outros, mas que, para quem já sentiu vontade de fazer tal coisa, devem estar tão disponíveis que só deve faltar então o bom e velho TBC: Tire a Bunda da Cadeira.

Do que você precisa:

1. Uns 40 livros.

  • livros que você considera bons, livros que você ama, não pelo objeto que eles são, mas pelo conteúdo que eles carregam, não como mero recepiente, mas como transportadores de prazer, conhecimento e diversão
  • pratique o desapego. Serão livros que não serão mais seus, mas de todos. Possivelmente, alguns deles você não verá mais. Troque o prazer de ter pelo prazer de compartilhar. Acredite, é muito bom ver um desconhecido folhear interessadamente um livro que você deixou à disposição. Principalmente se for um livro que você gosta
  • se você esperar para ter muitos livros para ter a iniciativa, vai acabar desistindo. Comece com pouco e conte com o “efeito bola de neve” e com o impacto que um gesto simples, mas efetivo, pode causar em sua comunidade

2. Um lugar.

  • eu escolhi uma panificadora. Sei que em Brasília, há um projeto anterior que começou em um açougue.
  • Trata-se de um lugar a que estou vinculado emocionalmente e pela proximidade. Constantemente estou lá e posso ver em que situação se encontra a biblioteca
  • É perto de minha casa e faz parte da vida da comunidade com que convivo, com grande circulação de pessoas.
  • Você deve oferecer a possibilidade de uma biblioteca aos donos do lugar. Há uma grande possibilidade de eles aceitarem.
  • Evite locais do município e do Estado, pois você vai esbarrar na burrocracia.

3. Um sistema

  • quanto mais simples melhor.
  • o objetivo não é manter os livros na biblioteca, mas fazê-los circular
  • um cadastro de empréstimos e de leitores seria um estorvo e faria os donos do estabelecimento recusarem a biblioteca, pois isso representaria mais trabalho
  • por outro lado, esse tipo de burocracia é um obstáculo a mais entre o provável leitor e o livro que ele quer ler
  • o meu sistema consiste apenas em: leve, leia durante o tempo que for necessário e devolva. Eu conto com a grande possibilidade de o livro não voltar
  • o único custo administrativo da biblioteca foi mandar fazer um carimbo em que essas regras são explicadas, bem como o endereço da biblioteca para o caso de alguém que encontre o livro em outro lugar querer devolvê-lo. Cada livro do acervo recebe este carimbo em uma das páginas iniciais e em uma das finais.

4. Tenha um blog para divulgar a sua biblioteca

  • é uma forma de conseguir doações
  • em breve, se muitas pessoas criarem bibliotecas comunitárias e blogs sobre elas, será possível criar uma rede independente de bibliotecas comunitárias com todas as possibilidades que isso gera

5. Seja rápido

  • ao ter a iniciativa para a criação de uma biblioteca desse tipo, seja rápido. É quase uma ação de guerrilha.
  • não conte com leis de incentivo ou com ajuda do governo. Isso só vai atrasar e desmotivar você. Você pode agir por conta própria
  • não conte com a ajuda dos outros para começar a fazer, mas conte com a ajuda dos outros no andamento do projeto

Lembre-se: ninguém precisa mudar o mundo. Apenas a parte do mundo que é capaz de mudar.

0 resposta para “Como criar uma biblioteca comunitária em 1 passo simples”

  1. ana lucia disse:

    Do it yourself, não era isso que diziam os punks? Lá no meu trabalho fizeram uma comunitaria, inspirados no TBone, penso eu. Uma estante, livros, três sofás na sobreloja, pedidos de doação no e-mail institucional e pronto. Ela teve que ser retirada não sei bem porque, espero encontrá-la na volta das férias. Bjs.

  2. Rosana O. disse:

    Bom dia Alê

    Em Brasilia são muitas as iniciativas como essa, além do açougue o T-Bone. Tem um professor de Planaltina, cidade satélite aqui do DF, que escolheu locais como barbearias, oficinas mecânicas…
    Eu e um grupo de amigos estamos montado uma espécie de rede, trocamos os livros, vamos passado para outras pessoas. E assim vai…
    beijão

  3. MORO EM UMA COMUNIDADE DA ZONA RURAL.POV:BAIXA DA ONÇA-ARAPIRACA-AL
    E ESTOU FORMANDO UMA BIBLIOTECA COMUNTÁRIA EM UMA ANTICA CASA DE FARINHA.
    ELA TENHE NOME DE CASA DE FARINHA ENCANTADA HISTÓRIA E CULTURA.ESTÁ VALENDO APENA O TRABALHO REALIZADO MAS É COM MUITO AMOR E DEDICAÇÃO.

  4. Miquéias disse:

    Moro em Bonito de Minas-MG, pretendo instalar uma biblioteca municipal aqui na cidade, pois não existe. Estou fazendo um projeto para tentar arrumar parceiros e doações. Queria contar com o seu apoio para conseguir esse benefício para a cidade. Me mande orientações no meu e-mail ou outras coisas que achar pertinente.
    Abraços

  5. Alessandro Martins disse:

    Miquéias,

    todo o know-how que tenho é o que você leu acima. E acho que, como você pretende montar uma biblioteca pública, não se aplica, infelizmente.

    Abraços do Alessandro.

  6. maria isabel disse:

    Adorei! Sou professora municipal em Porto Alegre e estou montando uma biblioteca comunitária na casa alugada de uma vizinha que foi passar uma temporada em João Pessoa.
    Gostei das ideias do “sem cadastro, sem prazo para devolução, sem apego, do carimbo, da bola de neve que faz com que o acervo não se esgote e sempre se renove” … mas confesso que são guinadas de 360º graus no que eu havia imaginado inicialmente… ainda estou tentando estabelecer a diferença entre biblioteca pública (que é aquela que recebe incentivo$ e portanto pode se permitir preocupar-se menos com a conservação do acervo e com os custos de manter a biblioteca em funcionamento) e biblioteca comunitária que no meu caso implica em custos com o aluguel da casa onde estará em funcionamento, luz, telefone, água, papel higiênico… que já estou pagando do meu salário ainda com a biblioteca em fase de organização…tenho livros comprados, outros que ganhei… mandei fazer prateleiras, comprei mesas, cadeiras, televisão, aparelho de DVD pra fazer Cine-Pipoca para a criançada… ). Alguém me dá uma sugestão de viabilidade cobrindo os custos sem sacrificar a minha Comunidade do Bairro Restinga, carente de grana e mais carente ainda de um espaço como esse que estou tentando montar?!? Um abraço!

  7. Alessandro Martins disse:

    Maria,

    as dicas que pude dar eu dei no artigo. Espero que sejam úteis. No entanto, meu conselho é: faça o que for melhor para você. O que funciona e é confortável e eficiente para mim talvez não seja para você! Busque o seu próprio caminho, como diria um mestre chinês de filme de Sessão da Tarde.

    Abraços do Alessandro.

  8. maria isabel disse:

    Alessandro, valeu a “sacada” de que estou em busca de… acho que alguns direcionamentos estão aparecendo e quero compartilhar contigo e com quem mais se interessar possa: descobri um site tri-legal, de uma Universidade, onde encontrei muitas possibilidades de respostas… Divulgue!
    http://www.letras.ufmg.br/atelaeotexto
    Um abração! Isabel.

  9. Alessandro Martins disse:

    Vou divulgar o link que você indicou, Maria Isabel. Obrigado!

  10. Caetano disse:

    Maria Isabel,
    Moro em Porto Alegre e tenho livros e outros materiais para doar. Como posso entrar em contato com você?

  11. Nina Torricelli disse:

    Que maravilha!!!! Só quem ama os livros , poderia ter esta exelente idéia. Compartilhar o prazer da leitura com pessoas que gostam de ler e não tem condição! PARABÉNS a todos que tiverem esta iniciativa !!!!!

  12. Alessandro Martins disse:

    Obrigado, Nina! Espero que mais pessoas tomem essa iniciativa também!

    Beijos do Ale.

  13. Aldo Porfirio da Silva disse:

    Sirvo como voluntário em uma instituição, criamos uma biblioteca comunitária e é uma xcelente ideia, pois somentes livros e concecimentos pode mudar as concepções das pessoas.

  14. marina disse:

    Trabalho como voluntária em uma biblioteca comunitária e gostria de saber se há alguém interessado em alguns exemplares. Estamos com vários títulos em duplicidade e como temos pouco espaço pensamos em doação. Temos algumas enciclopédias também.

  15. Alessandro Martins disse:

    Marina,

    se puder enviar para esta biblioteca: https://livroseafins.com/2008/07/10/biblioteca-pote-de-mel-pegue-um-livro-devolva-quando-quiser/

    O endereço é este:

    Panificadora e Confeitaria Pote de Mel
    Rua Conselheiro Araújo, 168 – Curitiba – Paraná
    CEP 80060-230

    Abraços do Alessandro.

  16. vanusa disse:

    Olá, gostei muito da sua explicação. É exatamente assim que se começa uma biblioteca comunitária.
    Eu tenho uma em minha casa.
    No início arrecadei apenas 5 livros usados e mais dois sacos de livros que eu e um amigo encontramos jogados fora, até que estavam em bom estado. Depois comecei a pedir na cidade, nos sites de empresas que doam livros, nas rádios, etc. A quantidade foi muito grande (todo mundo um dia faz uma faxina nos armários e ficam com dó de jogar os livros fora) então aluguei um espaço ótimo e pensei que fosse contar com o apoio total da comunidade e do poder público para conseguir pagar o aluguel. Me dei mal. Durante um ano corri atrás do dinheiro, na comunidade, com empresários, comerciantes, prefeitura, vereadores, olha que foi um sufoco. Consegui pagar! Mas, em fevereiro deste ano comecei a trabalhar novamente e não tive mais tempo de correr atrás do dinheiro. Para não criar uma dívida impagável, resolvi sair do aluguel e vir para minha casa que tem alguns cômodos inacabados. No final do ano passado fui selecionada no I Concurso Pontos de Leitura do Programa Mais Cultura e ganhei 650 livros, computador, impressora, estante e mesa. Tudo novo, em comodata.

    Achei muito legal o TBC!

    Como pode ver tenho um blog, mas EU NÃO CONSIGO FAZER NADA NELE. ACHO MUITO COMPLICADO. NÃO O ENTENDO. NÃO CONSIGO POSTAR FOTOS, NEM LINKS, NEM SELOS.
    Diante da sua boa vontade para com os iniciantes, será que dá prá me dar algumas dicas?
    Valeu.

  17. Sou professora do ensino fundamental e moro numa comunidade que precisa de incentivo, para aqueles que têm pouco. Portanto e como cidadã me sinto no dever de ajudar as crianças da minha comunidade a desenvolverem o habito leitor e, por isso, tenho um sonho antigo que é montar uma biblioteca comunitária onde todos teriam acesso aos livros. Adorei essa iniciativa de vocês e quero saber se posso contar com a ajuda daqueles que amam o mundo dos livros.Pois estou com um acervo precário e não tenho móveis(estantes) para colocar os poucos q

  18. adorei esse espaço de voces e espero conseguir ajuda para montar a minha biblioteca. Tenho poucos livros e sem contar que não tenho móvei para organizá-los.Conto com a ajuda de todos

  19. Marcia Maria disse:

    Olá Marina, estou implantando uma biblioteca comunitaria no meu bairro Bandeirinhas cidade Betim MG, se sobrar algum livro você pode doar para a nossa biblioteca que esta começando??

    Se puder me mande um email confirmando marciasoares10@yahoo.com.br

  20. Adriana Leite disse:

    Meu nome é Adriana e trabalho voluntariamente com o Grupo Escoteiro Taubaté.
    Começamos agora a fazer campanha de doação de livros para a nossa biblioteca.
    Um trabalho para especialidade escoteira do lobinho Lucas (10 anos).
    Vamos juntos, ainda estamos com uma cixa de supermercado e os livros aqui de casa.
    Onde podemos chegar?

  21. Alessandro Martins disse:

    Adriana,

    sugiro que sigam os passos acima. Procurem um estabelecimento comercial de que sejam amigos e que seja frequentado por pessoas que possam vir a gostar de livros e ofereçam o serviço.

    Abraços do Alessandro.

  22. maria cilene silva dos santos disse:

    tenho muita vontade de me envolver em um projeto social,mais contar com a ajuda de algum orgao publico, me deparei com alguns obstaculos,por isso desanimei,mais nunca desiti,hoje,penso em ceder um comodo da casa para montar uma biblioteca comunitaria,digo penso,porque preciso do sim , do meu marido,mais acho que ele ira concordar,me desejem boa sorte,pois sera muito proveitoso para todos da comunidade obrigado a todos ,23.12.09,jacarei

  23. Almir Pelagio disse:

    Sou membro de uma Loja Maçônica no Rio de Janeiro, estamos situados numa Comunidade Carente, e vamos criar uma biblioteca voltada para as crianças da localidade e nossa idéia é não haver nenhuma burocracia no serviço!

  24. aline couto disse:

    Muito legal este desapego, é disso q precisamos para começar um trabalho de insentivo a leitura e de pessoas dispostas a começar sem esperar dev ajuda do estado ou municipio.valeu !!!!!!!!!!!!

  25. aline couto disse:

    gostaria de mais dicas de como montar uma biblioteca comunitaria.Valeu!!!

  26. Vania disse:

    Estou criando uma biblioteca numa ONG, da qual faço parte, gostaria de saber se alguém já escreveu um projeto de criação de uma biblioteca. Agradeço se eu puder receber no meu email zulemaobelar@yahoo.com.br

  27. marilda silveira disse:

    Tenho muitos livros literários,são muito antigos. Eles servem para uma biblioteca comunitária? Gostaria de doa-los. Como fazer?

  28. Alessandro Martins disse:

    Marilda,

    sugiro que os doe à Biblioteca Pote de Mel ( https://livroseafins.com/biblioteca-pote-de-mel-pe… ) ou à uma biblioteca próxima de sua casa.

    Abraços!

  29. Bela iniciativa, ainda mais por mostrar algo que poucas pessoas tem feito ultimamente: ter fé nos outros seres humanos.

  30. Luciane Morales disse:

    Oi, qual a sua cidade? Já doou os livros? Estou começando a montar uma biblioteca e precisamos muuuuito de livros. Caso ainda os tenha, por favor, mande um email para lu_morales73@hotmail.com. Obrigada

  31. Geovania disse:

    Estou montando uma biblioteca comuinitária, ja vi o local e agora estou juntando os livros, estou bem animada para isso, tenho sonhos de que este trabalho vai render muitos frutos.

  32. Carlos Samuel disse:

    olá todos, sei que todos gostam de ler. Com isso, estou montando aqui na igreja uma Biblioteca evangélica, se alguém for crente me informe, pois preciso de doações de livros evangélicos. samukbegins@hotmail.com

  33. luciene aparecida disse:

    bom dia,quero montar uma biblioteca na empresa que eu trabalho estou precisando de ajuda.Tm alguem que queira me ajudar?

  34. Mary disse:

    Tenho uma escola de música e sempre tive o sonho de ter uma BIBLIOTECA MUSICAL.. Estou iniciando agora a campanha de arrecadação dos materiais, ou seja, doações. Você sabe me informar se tenho que legalizar alguma coisa para que ela funcione, tipo, alvara, registro…etc? Gostaria também de dicas para o ambiente

  35. maria antonia disse:

    eu trabalho numa biblioteca como que faço para criar um projeto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *