A Freguesia do Livro está fazendo coisas incríveis. Vi esse projeto nascer aqui em Curitiba e certamente ele não vai parar nesssa cidade, transmitindo a ideia, a iniciativa e o ímpeto para pessoas generosas de outras cidades. Acho importante dizer que o projeto dispensa, até o momento, qualquer ajuda governamental ou pública.

Ontem, recebi um comunicado importante. Eles precisam de espaço para trabalhar. Quem poderá ajudar?

Você certamente já ouviu falar da Freguesia do Livro, um movimento literário que faz livros circularem. Livros doados de acervos pessoais que estamos levando para novos leitores. Você pode ver aqui onde já chegamos:

A Freguesia está crescendo, estamos recebendo muitos livros e ficamos muito felizes com a colaboração de todos, pois assim mais pontos de leitura estão sendo colocados por aí. Mais gente lendo, e é bem isso que queremos. Para que esse trabalho seja cada vez melhor, estamos precisando de um espaço maior para receber, organizar e classificar os livros que recebemos e montarmos os acervos para os pontos de leitura que se cadastram.
Esse é o objetivo dessa conversa: quem sabe você conhece algum lugar, uma sala ociosa em algum estabelecimento comercial, numa clínica, numa loja, num atelier… Ou conhece alguém que tenha um lugar assim. Ajude-nos a encontrar esse lugar.
Jô Bibas, Ângela Duarte, Mari Mayr, Juliano Rocha e Danielle Carneiro
www.freguesiadolivro.com.br
www.facebook.com/freguesiadolivro
fregues@freguesiadolivro.com.br

Espalhe este post para que essas pessoas generosas encontrem o espaço de que precisam. Obrigado!

Sobre o autor: Alessandro Martins

Sou o editor deste blog. Trabalhei como jornalista em Curitiba de 1995 a 2008, quando fui demitido e passei a me dedicar a escrever apenas na internet, em blogs e mídias sociais. Agora estou publicando minha newsletter que tem milhares de leitores: assine!