O resultado da pesquisa Retrato da Leitura no Brasil 2011 foi divulgado no final do mês de março e traz alguns dados interessantes.

A pesquisa aponta que o brasileiro lê em média quatro livros por ano, sendo que, destes, lê integralmente apenas 2,1 livros. O estudo revelou, também, que o país é composto por 50% de leitores (cerca de 88,2 milhões de pessoas) e outros 50% de não leitores. Entre os que leem, as mulheres são a maioria, representam 53% do total do público leitor no país. Já os que não têm o hábito de ler encontram-se na base da pirâmide social: são pessoas de idade mais avançada e tem como principais entraves à leitura a alfabetização precária, o desinteresse e a falta de tempo. (fonte)

Em que pé anda o mercado editorial

Observe que, segundo revelam os dados obtidos, nos três meses anteriores em que foi feita a pesquisa 150 milhões de brasileiros não compraram livros. Que grande mercado a ser explorado ainda. Uma verdadeira floresta virgem.

Escritores mais admirados em 2011

Os leitores mais contumazes sempre discordam desta lista, porém não há nada com o que discordar uma vez que a pesquisa não diz respeito à qualidade em si dos autores: a amostragem determina o resultado e contra números não há argumentos. É um retrato matemático do que pensa o leitor a respeito dos escritores citados.

Livro mais marcante segundo o levantamento de 2011

Novamente, uma lista que poderá causar uma certa consternação entre alguns leitores.

Média de leitura em 3 meses

Importante observar que a média caiu em relação a 2007.

Significado da leitura para o brasileiro

Infelizmente, a leitura como uma atividade prazerosa ainda não está bem colocada. Na minha opinião, antes viria essa e as outras seriam uma consequência.

Onde está a leitura no tempo livre do brasileiro

A porcentagem daqueles que afirmam que leem em seu tempo livre caiu de 36% em 2007 para 28% em 2011.

A pesquisa foi divulgada no dia 28 de março:

Encomendada pelo Instituto Pró-Livro (IPL) ao Ibope Inteligência, a 3ª edição da pesquisa tem o objetivo central de “medir intensidade, forma, motivação e condições de leitura da população brasileira”. Segundo a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, os dados da pesquisa vão contribuir para a formulação de políticas públicas destinadas ao fomento da leitura no país. Ela destacou ações de fortalecimento, a criação de bibliotecas em todos os municípios brasileiros e os programas como agentes de leitura. Também ressaltou a importância da parceria com o Ministério da Educação para que o número de brasileiros leitores continue a aumentar.

Quer saber mais sobre a pesquisa Retrato da Leitura no Brasil de 2011? Veja este infográfico.

Sobre o autor: Alessandro Martins

Sou o editor deste blog. Trabalhei como jornalista em Curitiba de 1995 a 2008, quando fui demitido e passei a me dedicar a escrever apenas na internet, em blogs e mídias sociais. Agora estou publicando minha newsletter que tem milhares de leitores: assine!