Finaliza mais um ano, e muitos param para analisar a vida, rever metas, contar realizações.

Novo ano, novas metas, e algumas resoluções de ano novo que serão cumpridas ou não, mas que podem ser consideradas  como parte do processo de amadurecimento das pessoas. Tenho visto um movimento de amigos que como promessa de ano novo resolveram usar menos redes sociais em 2013.

Separei dois videos que trazem o tema redes sociais como algo a ser observado com cuidado e até abandonado.

Contudo, lembro que redes sociais são tecnologias e como tal não são boas ou ruins por si só: o que as torna boas ou ruins é a forma como nos relacionamos com elas. Posso listar meia dúzia de motivos pelos quais adoro redes sociais e meia dúzia de motivos pelos quais odeio redes sociais e é provável que você também.

Fabio Moon e Gabriel Bá sobre a dependência da internet.

Por isto estes videos não devem ser encarados como uma sugestão minha para que você abandone as redes, até porque elas estão sempre mudando. Como observou Tiago Dória no seu texto sobre as Cinco tendências que marcaram 2012 em tecnologia, neste trecho falando sobre redes sociais:

“O movimento mostra para onde caminham as plataformas de redes sociais – mobile, mensagens instantâneas, redes menores, mas com laços mais fortes.

Pode ser também o começo de uma possível e esperada mudança no digital – das plataformas de redes sociais com funcionalidades de comunicação (Facebook) para plataformas de comunicação com funcionalidades sociais (WhatsApp).” Tiago Dória

Mais a frente no texto ele observa novamente:

“Acredito que 2012 mostrou que a mudança não é mais do analógico para o digital, mas do digital para o digital. Uma nova forma de ver o digital. Mais humanizada. Algo que vai muito além de “likes” e da simples e fácil satisfação própria. Enfim, o digital como facilitador de uma vida realmente melhor. (…)

Espero que essa última tendência continue em 2013. A história das tecnologias mostra que nós, seres humanos, temos uma capacidade de extrair uma quantidade quase infinita de aplicações das ferramentas que nos são dadas.” Tiago Dória

Os videos que selecionei servem de ferramentas para facilitar uma reflexão pessoal acerca do seu relacionamento com redes.

O primeiro é um vídeo é um protesto contra as redes sociais em geral, mas você pode ver que esta mais ligado a seu uso abusivo ou a forma pouco reflexiva com que elas vem sendo usadas em diversos momentos.

O segundo vídeo é um trecho de uma entrevista do Zygmunt Bauman, filósofo das relações humanas e modernidade, expondo seu ponto de vista sobre os laços humanos nas redes sociais:

Uma boa reflexão para todos, mesmo aqueles que prometeram intensificar o uso de redes sociais em 2013.

***

Ps.: A tira que ilustra o post foi retirada do blog de Fabio Moon e Gabriel Bá 10 Paezinhos, onde pode ser conferido mais do trabalho destes dois grandes quadrinistas brasileiros.

Sobre o autor: Marcela Ortolan

Andarilha convicta, leitora apaixonada, behaviorista radical. Acredita que o mundo é grande demais para que apenas uma arte tenha o seu monopólio.