Esta semana um dos links mais compartilhados entre os amantes de fotografia e os amantes de histórias infantis foi o ensaio fotográfico feito por Thomas Czarnecki, chamado: From the echantment to down (Do Encantamento à queda).

Neste ensaio, o fotógrafo retrata a morte de algumas heroínas de contos de fadas, como Branca de Neve, Alice e Jasmine. Além das personagens retratadas em morte, elas também trazem um ar de abandono e certa crueldade, pois estão em lugares escuros e parecem ter sofrido uma morte dolorosa e violenta.

De fato não é a primeira vez que heroínas destas histórias são recontadas, e muitas delas ganham um tom mais trágico, como o trabalho de Thomas e o da fotógrafa Diana Goldstein, que criou o ensaio Fallen Princeses (Princesas caídas); outras ganham uma conotação mais macabra como o trabalho de desenho de Jeffrey Thomas.

Ainda no estilo de desenho, Amy Mebberson (Princesas Pinups), Danté Tyler (Princesas Coulture), Steevin (heroínas e guerreiras) também deram outros ares às heroínas dos contos de fadas. Além destes, outros belos trabalhos que chamam muito a atenção por serem em desenho, no entato terem por objetvo transformar as heroínas em personagens quase fotografados: Jirka Vaatainen, Jace Wallace e Maria Sol.

Algo há mais faz com que nossos olhos fiquem surpresos, em todos estes trabalhos temos as personagens com figurinos e referências às histórias contadas pela Disney. Sim, em nenhum dos ensaios temos uma Cinderela que não esteja vestida de azul, ou uma Ariel que não seja ruiva. Estas referências são de personagens de histórias que não são originalmente disneyanas, mas que se tornaram populares através dos olhos e das interpretações dadas pelos criadores desta empresa. Falar sobre este assunto entre algumas pessoas pode levantar questões de ideologia e até mesmo de um sentimento de raiva por acharem e mesmo defenderem a ideia de que a Disney teria sido a grande culpada de uma espécie de congelamento destas histórias e enfraquecimento da criatividade popular.

Pensando neste “congelamento” de histórias, escrevi em meu blog sobre, se lhe interessar, clique aqui.

*Clique nos nomes dos artistas para conferir seus trabalhos.

Sobre o autor: Ana Carolina (oliviayale)

Jornalista com diploma. Autora da saga "A Irmandade das Olivias" e aprendiz de pesquisadora em Pós-Modernidade e Contos de Fada, cinéfila de carteirinha, apaixonada pela Disney e viciada em blogs.