A proposta do arquiteto coreano Eun Young Yi foi selecionada em 1999 dentre 235 participações em competições como o projeto para a nova biblioteca central da cidade de Stuttgart.

A construção custou 80 milhões de euros e começou há três anos. A abertura foi mês passado.

Yi criou um cubo monolítico com dois pisos subterrâneos e nove acima. Essencialmente, o edifício inteiro, tanto dentro como fora é branco. Os pisos da biblioteca principal circundam um espaço aberto com níveis ligados por escadarias. As prateleiras ficam nas paredes do entorno de cada um dos andares.

A palavra “biblioteca” está em quatro línguas nas paredes externas. Na parede norte, em alemão (a língua local), na parede oeste, em Inglês, ao Sul, em árabe (a língua da cidade irmã, Cairo) e, ao leste, em coreano (idioma do arquiteto). (via)

Sobre o autor: Alessandro Martins

Sou o editor deste blog. Trabalhei como jornalista em Curitiba de 1995 a 2008, quando fui demitido e passei a me dedicar a escrever apenas na internet, em blogs e mídias sociais. Agora estou publicando minha newsletter que tem milhares de leitores: assine!