Livros que li em 2012

Desde 2006 que anoto os livros que li ao longo do ano em um caderninho. É legal por que ajuda a lembrar dos livros lidos, tirar a dúvida de qual era o título de uma obra ou a grafia correta do nome de um autor. Sim, as vezes tem erros, como esquecer de anotar algum livro, contudo, mesmo assim considero bem útil. Com esse método, descobri que a minha média anual desde 2008 para cá fica em torno de 30 livros por ano.

Procura-se: caderno fugitivo.

Procura-se: caderno fugitivo.

Acontece que em 2011 eu perdi o caderninho por uns meses, e esqueci de anotar vários titulos lidos. No começo do ano ainda não havia descoberto onde havia o escondido e, para não ficar sem anotar os livros, inventei um método alternativo, complementar à aquele: tirar fotos das capas com o Instagram e colocar nas redes sociais com o título do livro, nome do autor, e qual a contagem dele no ano (primeiro, segundo, etc.).

Achei o caderninho e voltei a anotar nele os livros lidos. Mesmo assim, resolvi manter as fotos pois elas possuem uma vantagem: a imagem da capa do livro ajuda na lembrança do conteúdo. É como ver a foto de um velho amigo e com ajuda dela lembrar das histórias vividas com ele. E como a maioria dos livros que leio acabam logo sendo emprestados, dados de presente, doados ou devolvidos aos donos em caso de empréstimo, as fotos ajudam bastante.

Também vi nas fotos uma oportunidade divulgar a leitura, já que algumas pessoas perguntam sobre os livros, pedem emprestado, comentam o que acharam… enfim, cada livro lido torna-se uma oportunidade de trocar ideias que enriquecem ainda mais a experiência da leitura.

Apesar das vantagens, hesitei um pouco antes de tornar as fotos um hábito por medo de que pudessem considerar a lista pedante. Afinal, ler livros no Brasil é considerado um luxo por aqueles que não leem.

Apesar disso, resolvi arriscar com a lista e o resultado foi bem surpreendente. No final do ano, muita gente estava acompanhando a contagem, vibrando a cada foto. Algumas dessas pessoas pediram para que eu falasse um pouco sobre os livros lidos, e por isso escrevi este texto.

Apresento a lista.

Usei alguns livros em posts, nestes casos, o link para o texto vai junto com o titulo.

Marcela Ortolan - Livros lidos em 2012

As fotos dos 34 pecados que cometi ano passado.

01 – Elogio da Madrasta – Mario Vargas Llosa
02 – O Clube dos Anjos “Gula” – Luís Fernando Veríssimo
03 – Beatriz – Cristovão Tezza

04 – Cinzas do Norte – Milton Hatoum

05 – Vagamundo – Eduardo Galeano
06 – Terapia “Avareza” – Ariel Dorfman
07 – Superfreakonomics – Steven D. Levitt & Stephen J Dubner

08 – O velho e o mar – Ernest Hemingway
09 – Freakonomics, O lado oculto e inesperado de tudo que nos afeta – Steven D. Levitt & Stephen J Dubner
10 – Cinco Marias – Fabrício Carpinejar

11 – Como se faz uma tese – Umberto Eco

12 – Em que creem os que não creem – Umberto Eco & Carlo Maria Martini
13 – Um espinho de marfim & outras histórias – Marina Colasant
14 – Flores – Mario Bellatin

15 – As certezas e as palavras – Carlos Henrique Schroeder
16 – A simples arte de matar – Raymond Chandler
17 – A teus pés – Ana Cristina César
18 – Noturno do Chile – Roberto Bolaño
19 – Coisas Frágeis – Neil Gaiman
20 – Um olhar para o sol – Marcio Pimenta

21 – Coisas de amor largadas na noite – André Gonçalves
22 – Nas entrelinhas do horizonte – Humberto Gessinger
23 – Morangos Mofados – Caio Fernando Abreu

24 – Manual para fazer das crianças pobres churrasco – Jonathan Swift

25 – A Insutentável Leveza do Ser – Milan Kundera

26 – Melhor seria nunca ter existido – Daniel Pellizari
27 – Silente – Renato Tardivo

28 – Eu receberia as piores noticias de seus lindo lábios – Marçal Aquino
29 – Catecismo de devoções e pornografias – Xico Sá
30 – Vendo alma vagabunda com tatuage del Che – Pink Wainer
31 – Menina a caminho – Raduan Nassar
32 – Walden – Thoreau

33 – Por que se mete, porra? – Paulo César Peréio
34 – Receita de Ano novo – Calos Drummond de Andrade

Dos links que coloquei, apenas dois não são meus, mas entraram na categoria “dos textos que queria ter escrito”.

Acho que a lista está de bom tamanho e tem conteúdo variado o bastante. Poderia ter lido mais, com certeza, contudo acho que este número de livros bem como o seu conteúdo mais do que me satisfizeram para um ano. Lembro que esta que vos fala tem outras atividades – sim, é possível ler e mesmo assim manter uma vida laboral-social-recreativa – e ainda usa seu tempo livre para escrever aqui no Livros & Afins, no Metamorfose Pensante e no Pontuando, além de fazer parte da equipe do vlog de análise do comportamento Boteco Behaviorista.

Agora, concatenando os links, vejo que deixei de escrever muita coisa em 2012, pois, boa parte dos livros que listei em algum momento rendeu ideias para um post que nem sempre foi escrito. Alias, a leitura é também uma fonte inesgotável de inspiração. Se pretende escrever, leia, leia, leia. Este é o meu conselho.

Pediram para que eu escolhesse o meu livro favorito entre estes, mas sou incapaz de fazê-lo.

Digo isso pela diversidade dos textos.

Como escolher entre um romance clássico como O Velho e o Mar, um livro de contos maravilhoso de um jovem autor como o Silente, um diário reflexivo como Walden, ou um romance que acompanhei desde a sua gênese como o Um Olhar para o Sol? Impossível, meus amigos, impossível.

Além do mais, sinceramente acredito que o melhor livro é aquele que estou lendo no momento.

Prefiro indicar o livro de acordo com a pessoa. Conhecendo um pouco do gosto de cada um, fica mais fácil ter uma ideia do que pode funcionar com ele ou não. Até porque, me considero uma leitora de um gosto um tanto exótico: como leio com certa frequência e comumente acho graça em coisas que onde outros veem tédio, e vejo tédio onde outros veem graça. Expliquei um pouco isso em outro post, onde entre outras coisas explico como o intertexto – o Kinder Ovo da literatura – torna um livro mais saboroso.

Estes foram os livros. Fazer esta lista me encheu de ternura ao relembrar das emoções despertada por cada uma das leituras.

Olho para a lista torcendo para que 2013 seja tão bom quanto.



Conheça nossa newsletter

Comente com:

Loading Facebook Comments ...