wally

Os destaques deste mês de abril de 2014 da Companhia das Letras são:

  • Poesia Total: a obra poética completa de Waly Salomão reunida pela primeira vez em volume único.
  • Pietr, o Letão; O cavalariço da Providence; O enforcado de Saint-Pholien: As primeiras publicações da obra completa de Georges Simenon, com três romances protagonizados pelo comissário Maigret.
  • NW: da mesma autora de Dentes Brancos, a premidada Zadie Smith, o livro faz um caleidoscópio da Nova Londres a partir de fragmentos de vidas que se cruzam na cidade multicultural. Finalista do National Book Critics Circle Award e um dos dez melhores livros do ano segundo o New York Times.
  • Sergio Y. vai à América: escrito por Alexandre Vidal Porto e narrado por um psiquiatra experiente que trata um “paciente interessante” – o jovem Sergio Y –, o romance investiga as fronteiras da sexualidade no mundo contemporâneo.
  • Das paredes, meu amor, os escravos nos contemplam: como contar uma história de suspense com todos os clichês policiais sem cair no próprio clichê? O autor vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura, Marcelo Ferroni, mostra nessa história. O patriarca de uma importante família carioca é assassinado dentro da casa de campo, quando passava uma temporada lá com a família, pouco antes da única saída da propriedade ficar bloqueada. Entre os visitantes, está o assassino – e todos tem um ótimo motivo para querer Ricardo Damasceno morto.
  • Guerras Sujas: livro que deu origem ao documentário indicado ao Oscar desse ano, revela como são feitas as guerras contemporâneas a partir da investigação do jornalista Jeremy Scahill, que segue o rastro dos elites das forças armadas norte-americanas.
  • Aristóteles e Dante Descobrem os segredos do universo: livro juvenil ganhador de diversos prêmios, entre eles o Printz Honor e o Lambda Literaty Award for LGBT Fiction. Dois garotos com ascendência mexicana e personalidades totalmente diferentes se conhecem e, ao longo de dois anos, mantêm uma amizade que os faz descobrir mais sobre si mesmos e o tipo de pessoa que querem ser.
  • Mulheres francesas não fazem plástica: a França não está nem entre os dez primeiros no ranking de números de cirurgias estéticas femininas, apesar de ser famoso pela elegância e beleza das mulheres. O livro revela segredos e truques das francesas no que diz respeito à alimentação, estilos e hábitos.
  • O Amor chegou tarde em minha vida: Ana Paula Padrão, uma das mais respeitadas jornalistas do país, faz uma reflexão sincera sobre sua trajetória – profissional e, como o título sugere, pessoal.

Sobre o autor: Marcelo Wainer

Marcelo Wainer sabe bem a diferença entre comida requintada e comida requentada. Lê pouco, mas lê bem. É o primeiro leitor da newsletter do Alessandro Martins e recomenda que você assine. Assine aqui