capa

O papel da crítica literária em um cenário dominado pelas novas plataformas de informação é o tema da 33ª edição do jornal Cândido, publicação mensal da Biblioteca Pública do Paraná, da Secretaria estadual da Cultura.

É a respeito desse cenário que o Cândido consultou diversos especialistas para saber: onde está a crítica literária? Mais que isso. A crítica vai bem? Na opinião de Alcir Pécora, professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a crítica vai mal, muito mal, tanto a praticada por acadêmicos quanto a veiculada nos jornais, segundo Pécora, principalmente por colunistas literários — meros intermediários entre editoras e cadernos de cultura.

Já Eduardo Sterzi, também professor da Unicamp, entende que a atividade nunca esteve tão bem como no tempo presente, pelo fato de haver mais possibilidades para ler textos críticos, de variadas vozes, em plataformas digitais e mesmo em impressos, no caso, alternativos.

O assunto, de fato, divide opiniões e inclui, entre outros itens, espaço para João Cezar de Castro Rocha — um dos mais destacados críticos brasileiros contemporâneos — comentar a sua atividade.

Há também um perfil memorialístico de Wilson Martins (1921-2010), considerado por muitos o mestre da crítica brasileira. E, em entrevista, Regina Dalcastagnè, professora da Universidade de Brasília (UnB), analisa a situação da crítica e também do meio literário, assunto que ela pesquisa há mais de uma década, por meio de abordagem inusitada.

Cândido traz ainda, inéditos, fragmento de um romance de Adriana Armony, poemas de Eucanaã Ferraz e Wagner Schadeck e trechos do Dicionário amoroso do Rio de Janeiro, que o jornalista Alvaro Costa e Silva, o Marechal, produz para uma coleção idealizada pela editora baiana Casarão do Verbo.

Serviço:

O Cândido tem tiragem mensal de 10 mil exemplares e é distribuído gratuitamente na Biblioteca Pública do Paraná, em todas as escolas de ensino médio do Estado e em diversos pontos de cultura de Curitiba. Também é enviado, via correio, a diversas partes do Brasil. É possível ler a versão online do jornal no seguinte endereço: www.candido.bpp.pr.gov.br. O site também traz conteúdo exclusivo, como entrevistas e inéditos.

Sobre o autor: Marcelo Wainer

Marcelo Wainer sabe bem a diferença entre comida requintada e comida requentada. Lê pouco, mas lê bem. É o primeiro leitor da newsletter do Alessandro Martins e recomenda que você assine. Assine aqui