Depois de diversos estudos músico-astronômicos-astrológicos consegui separar doze tipos diferentes de personalidades femininas de acordo com algumas das principais mulheres presentes nas composições de Chico Buarque de Hollanda. Clique nos nomes para ir à letra das canções.

Rita
A nativa do signo de Rita tem uma forte espiritualidade. Religiosa, vai se agarrar na primeira imagem de santo que vir e levar com ela para onde for, mesmo um reles São Francisco, de Assis ou Xavier. Esse desapego a aspectos materiais, no entanto, irá jogar essa mulher na direção de homens que não têm um tostão e, possivelmente, isso será motivo de conflitos no relacionamento. No fim, conseguirá levar pouco mais que trapos, pratos, retratos e outras lembranças sem valor monetário, como um violão.

Dica: se for se relacionar com uma mulher com essa ascendência guarde bem os instrumentos de corda e os discos de Noel Rosa.

Bárbara
A mulher nascida sob o signo de Bárbara é a típica perdida no mundo. Sempre faz perguntas relativas a sua localização. Do nada, vai abordar você na rua e perguntar coisas como: “Onde estou? Onde estás?.” Exista uma placa com o nome da rua sobre sua cabeça ou não. Essa característica fará também com que chegue sempre atrasada aos compromissos. Ainda assim fará questão de afirmar: “Nunca é tarde. Nunca é demais.” Como característica mais notável tem o estranho hábito de se despir quando se desespera e andar por aí, meio insana, sabendo que no final da noite acabará nos braços de alguém. Se ela surtar, mande calar a boca. Pode funcionar.

Dica: Se for se relacionar com uma mulher do signo de Bárbara e for homem, tenha conhecimento que ela tem predileção por outras mulheres e que suas chances são praticamente nulas com ela.

Ana de Amsterdam
Esta é a aventureira. Capaz de cruzar um oceano só para se casar, é o tipo que seduz de todas as formas um sujeito, deixando-o completamente louco, e acaba por beijar um outro. Cuidado com ela. Porém, ela é fácil de ser reconhecida. Moça muito falada, não é exatamente a nora que sua mãe sonhou para você. Seus relacionamentos são fugazes, durando não mais que vinte minutos. É encontrada sobretudo em diques e docas.

Dica: Ela não é o tipo de mulher que demonstra muitos sentimentos. Capaz de ranger os dentes para esconder, não derramará uma lágrima sequer e não vai molhar o travesseiro por sua causa.

Carolina
Fleumática. Melancólica. Deprimida. Você pode colocar o circo Orlando Orfey na frente dela e os Aqualoucos, tudo ao mesmo tempo, que ela não vai nem notar, perdida na própria tristeza. Ela é muito apegada aos amores que já foram e não vão mais voltar e, por mais que os outros digam que tantas lágrimas não vão mudar nada, vai ficar na mesma. As rosas nascem e morrem, as festas começam e acabam, os barcos chegam e partem. Só ela continua na mesma. Prozac nela.

Dica: mulheres sob o signo de Carolina vão ficar felizes, não muito, com sugestões sobre como melhorar as olheiras e os olhos fundos. Há varias receitas desse tipo na internet. Ao invés de mostrar estrelas cadentes, informe-lhe a esse respeito e ela lhe será grata para o resto da vida.

Iracema
É a das viagens longas e a dos países estrangeiros. Não é do tipo que recusa trabalhos menores, como lavar chão, para realizar os seus sonhos. Capaz de enfrentar dificuldades como não dominar o idioma de seu novo lar, arranja soluções como namoros com mímicos. Mestra da dissimulação, sobretudo na capacidade de enganar a polícia de imigração, não tem muita noção do que é inconveniência e, eventualmente, poderá ligar para sua casa a cobrar de um país muito distante e em horários pouco usuais.

Dica: só se relacione com mulheres de Iracema caso esteja disposto a partir do Brasil em condições precárias. Para conquistá-la a presenteie com um disco de canto lírico ou com um passaporte americano. Pode ser falso. Não importa. Fará toda diferença.

Geni
De alma boa e altruísta, dá sem olhar a quem. Dá mesmo e com gosto. Não diferencia entre feios, sujos, velhos, doentes, homens, mulheres e crianças e gente de letra feia. Embora tenha esse temperamento generoso, há uma tendência nas pessoas de quem ela se cerca de não reconhecerem a sua bondade. Algumas, irritadas com tamanho desprendimento podem adquirir o hábito de cuspir e de jogar coisas nela, achando que ela nasceu pra isso mesmo. De fato, muitas verão nisso um excelente passatempo. De uma certa ingenuidade caprichosa, isso fará com que muitos se aproveitem de sua índole um tanto passiva. Por outro lado, pode se tornar teimosa. Quando resolve empacar, não há nada que a faça desistir de suas decisões, mesmo que disso dependa o destino de uma cidade inteira.

Dica: Mulheres do signo de Geni não gostam de homens de uniforme, sobretudo os de mais alta patente. Se você for do exército, da marinha ou da aeronáutica, sobretudo da aeronáutica, nem tente.

Joana Francesa
Culta. Normalmente, bilíngüe. Desperta muito cedo e tem o hábito de acordar seus parceiros insistentemente para dedicarem-se aos doces jogos eróticos ainda de madrugada. Gosta de rir e ouvir falar de amor. Porém facilmente, transforma gemidos de prazer, em um surto, em gemidos de pavor. Um bom ombro para chorar, não vai se importar se o seu homem tiver um lado menino, lânguido e preguiçoso.

Dica: É bom fazer umas aulas de francês, pois quando está emocionada mistura este idioma e o português.

Cecília
Mulheres sob a influência de Cecília tendem a ouvir vozes. Embora às vezes seja chamada em silêncio, garantirá que ouviu seu nome ser pronunciado em algum momento. Seu espírtito diáfano e indefinível tende a atrair artistas em geral, como músicos, poetas e pintores. No entanto, não gosta disso. Bem que ela gostaria de homens que não tremessem os lábios diante de sua presença e a pegassem de jeito como acontece com aquelas sob o signo de Joana Francesa.

Dica: Não faça poemas, nem sinfonias, nem quadros. Ela tem dois quartos cheios com essas velharias. Tente algo prático como uma batedeira de bolos para conquistar seu coração.

Beatriz
É a mulher que faz os homens se questionarem. É passagem da mulher do signo de Beatriz, eles logo começam a velha história. Pontos de interrogação demarcam seus passos. Será que ela é moça? Como será seu apartamento? E o seu quarto? Será que é atriz ou o quê? Será que gosta de espinafre? Independentemente disso, fará os mesmos homens cheios de questões sonharem a ponto de não mais quererem andar com os pés no chão. Todos querem entrar e se meter na sua vida de qualquer jeito, mas poucos conseguirão.

Dica: Há uma crença infundada de que ela sabe ler mãos. Alguns vão insistir em que ela faça isso de qualquer jeito. Não insista pois, embora seja de circo, não é cigana e esse tipo de confusão pode vir a irritá-la.

Januária
Ah, a atitude contemplativa das mulheres do signo de Januária. Sempre nas janelas do mundo, veio para ver e ser vista. Mas não se iluda. Ela não vai sair dessa posição. Passam dias e passam noites e ela sempre estará por ali, nas janelas. Talvez até chegue a dar um tchauzinho faceiro ou um sorrisinho maroto, porém nada vai dissuadi-la de sua atitude de olhar, olhar e olhar. O normal mesmo é que mesmo que você faça uma batucada sob sua varanda ela nem perceba.

Dica: o melhor presente para essa mulher é vidrex, para manter a vidraça sempre limpinha.

Rosa
A mulher influenciada por esta figura do zodíaco tende a arrasar com o projeto de vida de qualquer um. Hiperativa, tem uma tendência a sofrer de distúrbios de atenção: a comida desaparece da geladeira, leva roupas pra lavar e esquece no tintureiro. Plantonista, tem horários pouco adequados e, mesmo assim, não dispensa desfilar na escola de samba preferida, que não lembra bem qual é. De repente, cansa do samba e resolve se dedicar ao tango. Pode parecer desonesta, mas o mesmo dinheiro que tira da carteira de seu homem é usado para pagar a despesa dos dois.

Dica: Se ela disser que foi a São Paulo visitar os parentes, finja que não viu que ela voltou toda descascada, como se tivesse ido à praia. Tolerar essas atitudes pouco honestas vai valer a pena depois, na cama.

Teresinha
A mulher do signo de Teresinha é a mais vivida. Vai querer experimentar de tudo antes de finalmente se decidir. Sóbria e com os pés no chão, não se deixa convencer com presentes caros ou com os vapores do álcool. Cozinhe bem ou mal, não gosta que inspecionem sua comida antes de servir. Assusta-se com facilidade e tem uma inclinação natural para dizer não. O pretendente deve se aproximar devagar como quem não quer nada, mas querendo tudo, e assim pegar ela de jeito, como fez à Joana Francesa. Sim, provavelmente é o mesmo sujeito.

Dica: ela não gosta de apelidos carinhosos nem de alcunhas mais ousadas. Prefere ser chamada exatamente por aquilo que ela é.

Sobre o autor: Alessandro Martins

Sou o editor deste blog. Trabalhei como jornalista em Curitiba de 1995 a 2008, quando fui demitido e passei a me dedicar a escrever apenas na internet, em blogs e mídias sociais. Agora estou publicando minha newsletter que tem milhares de leitores: assine!