Todo mundo já teve que fazer um texto ou um trabalho em cima da hora. Aquele que você mal termina de escrever e já imprime. Quem é desorganizado e se enrola até o último momento faz isso o tempo todo. E quando recebemos esse trabalho de volta, ele sempre terá alguma coisa errada, seja um erro de português, uma informação confusa ou até mesmo algo de pensamos depois mas que não pudemos colocar porque o trabalho já havia sido entregue.

Quando falamos em escrever um texto, pensamos apenas no momento de colocar as idéias por escrito, no trabalho de construção. Só que a criação artística passa por um outro momento, igualmente importante: a pausa. Ela permite que a pessoa descanse e que reorganize as idéias. Só depois de parar somos capazes de ler com os olhos dos outros e descobrir o que pode ser melhorado.

Parar pode proporcionar idéias totalmente novas, ou apenas ajudar a rever uma vírgula. De qualquer maneira, qualquer texto pode ser melhorado. Se tiver tempo, pare e espere.

Sobre o autor: Caminhante Diurno

Caminhante tem casa, marido, cachorro, blogs (Caminhante Diurno e Caminhando por Fora), carteirinha da biblioteca. E não pode viver sem qualquer um deles.