Quando vocês escolhe ou ganha um livro infantil, pode pensar: “puxa, mas eles só falam em fadas, ou princesas, ou aventuras”… É um pensamento lógico, mas não pode ser tomado como uma crítica. O fato é que cada idade, ou cada faixa etária, funciona mais ou menos como um marco de temas. Cada idade, resguardadas as devidas proporções de vivência e maturidade intelectual, tem suas áreas de interesse. Você, talvez, não saiba disso, mas editoras, escritores e ilustradores devem ter isso na ponta do lápis e na ponta das ideias.

O exemplo de hoje para falar do tema é “Você sabe tudo sobre dinossauros?”, de Lila Prap com tradução de Elisa Zametti. O livro é um exemplo para o encaixe diante dos temas de interesses das crianças. E o teste para os leitores é encaixá-lo, de acordo com as proposições de temas abaixo.

Assim vamos ao TEMAS

Temas relacionados a:

6 a 8 anos

  • extensão da experiência da vida;
  • humor.

Autores brasileiro que propõe o humor e a paródia como princípios inseparáveis:

  • Eva Furnari;
  • Ziraldo;
  • Ângela Lago;
  • Ricardo Azevedo;
  • Sylvia Osthof.

8 a 10 anos

  • livros ligados à experiência de vida da criança (maior autonomia, ela começa a integrar outros grupos);
  • preferência por ação
  • natureza ganham interesse;
  • como funcionam as coisas.

10 a 12 anos

  • aventura, humor, mundo dos animais, mistério;
  • romance de aventura, relato histórico, relato mitológico, relato heroico (sobre o princípio da vida dos povos, viagens).

A partir dos 13 anos

  • problemática social, confronto entre grupos étnicos ou sociais diferentes, guerras, violência, situações de marginalidade, abandono;
  • literatura romântica – heróis;
  • Romance policial/mistério;
  • Histórias de terror;
  • Realismo familiar;
  • Realismo social.

Tendências atuais (considere-se que o livro é de 2000):

Fantasia como tendência

  • Conto maravilhoso – em que os animais falam;
  • Narrativa fantástica;
  •  “Nos sense” – caracterizado por jogos de linguagens, paradoxos, hiper-realismo, surrealismo;
  • Ficção científica – atencipação  científica, robótica, cibernética, viagens espaciais.

Realidade como tendência

  • Romances de viagens e aventuras;
  • Romances históricos;
  • Romance de humor.

Tendências transversais (perpendiculares ou oblíquos aos acima expostos):

  • Educação ambiental;
  • Paz;
  • Saúde;
  • Consumo;
  • Combate à discriminação sexual;
  • Direitos humanos;
  • Solidariedade;
  • Democracia.

 

Agora você tem um bom norte para dar um livro para uma criança, ou você, aspirante a escritor, uma boa ideia de onde começar sua história.

E então, e o livro sobre dinossauros, onde se encaixa?

Fontes

COSTA, Marta Morais da, Metodologia do ensino da literatura infantil, Curitiba: Ibpex, 2007.

CUNHA, Maria Antonieta Antunes, Literatura infantil Teoria e Prática, São Paulo: Editora Ática, 18ed, 1999.

SOBRINO, Javier García (org.), et. al. A criança e o livro: A aventura de ler, Portugal: Porto Editora, 2000.

Sobre o autor: Roberta Fraga

Crio seres imaginários, escrevo contos, costuro histórias.