Alimentando com Música 4 - Foto de Alice Rodrigues

As crianças atendidas pela APACN – Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia recebem um presente da Camerata Antiqua de Curitiba, no mês dedicado à garotada. Neste sábado (11), o espetáculo “Joaquim e a Escola Imaginária da Música”, que integra o programa “Alimentando com Música”, criado pela Camerata Antiqua de Curitiba em 1993, terá a bilheteria revertida à entidade. As sessões acontecem às 18h30 e às 19h30, na Capela Santa Maria Espaço Cultural.

O programa “Alimentando com Música” tem por objetivo difundir a música erudita em suas múltiplas linguagens. Os concertos didáticos promovidos pela Fundação Cultural de Curitiba (FCC), por meio do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e a Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS), são um exercício de cidadania e aprendizado, envolvendo músicos, instituições voltadas ao atendimento de pessoas carentes, alunos de escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba e seus mestres.

A cada ano, um novo tema é abordado, revelando de forma lúdica o universo da música erudita. Na edição de 2014, o convívio com as diferenças e o respeito aos colegas permeiam o concerto cênico “Joaquim e a Escola Imaginária da Música” que, com a história de Joaquim, um garoto que temia contar aos colegas preferir a música ao futebol, mostra os instrumentos musicais, as vozes e o papel de cada integrante de uma orquestra. As apresentações, estruturadas de forma cênica, têm o comando da maestrina cubana Maria Antonia Jimenéz, responsável pela direção artística e regência do Coro da Camerata, desde o ano passado.

Além das sessões de sábado (11), dedicadas à APACN, mais de 1.800 alunos de escolas municipais de todas as Regionais da cidade acompanham o concerto, que tem repetições durante a semana, pela manhã e à tarde, na Capela Santa Maria Espaço Cultural.

O espetáculo – A montagem de “Joaquim e a Escola Imaginária da Música” conta com importantes convidados. O elenco é composto pelos atores paranaenses Renet Lyon (Joaquim), Giovana de Liz (bailarina Marina) e Rosana Stavis (professora Quero-Quero).

Ator, cantor, compositor, músico, dublador e locutor, Renet Lyon exibe um extenso currículo, no qual constam cursos com renomados diretores teatrais, especializações em interpretação para cinema e televisão, acrobacia e dança contemporânea. Também atuou em vários espetáculos e estudou saxofone e piano.

Com pós-graduação em Arte-educação pela Faculdade de Artes do Paraná (FAP), Giovana de Liz estudou teoria e prática vocal, além de teatro e dança contemporânea, acumulando interpretações em diversas peças. A atriz e cantora Rosana Stavis é reconhecida pela versatilidade de seu trabalho, possuindo mais de 60 atuações em teatro, cinema, televisão, óperas e musicais. É integrante da banda curitibana Denorex 80 e entre suas premiações constam edições do Troféu Gralha Azul como melhor atriz.

A dramaturgia e a cenografia estão a cargo do paulista Rhenan Queiroz, que atua na pesquisa e síntese de projetos nas áreas das artes cênicas e plásticas com o objetivo de, por meio do entretenimento, estimular o público a refletir sobre as relações interpessoais e a convivência na sociedade. O dramaturgo, cenógrafo, ator e cantor Maurício Vogue, que trabalhou com os principais diretores do teatro nacional, é
responsável pela direção cênica do espetáculo. Exibindo conquistas do Troféu Gralha Azul, como melhor ator e diretor, atualmente é cantor da banda Denorex 80. A assistente de direção é Ana Marta, sendo que os figurinos são assinados por Maureen Miranda.

Com iluminação de Luiz Nobre e assistência de Lucas Amado, “Joaquim e a Escola Imaginária da Música” tem todos os arranjos musicais realizados por Marco Aurélio Koentopp. O músico paranaense participa do programa Alimentando com Música há várias edições. Professor do Curso de Composição e Regência da Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap), ele destaca a função pedagógica do programa, que procura sempre levar às crianças um repertório de nível poético e musical mais elaborado.

“Com o programa Alimentando com Música, a Camerata Antiqua de Curitiba reafirma seu compromisso sociocultural, tendo como meta cativar novas plateias, além de despertar possíveis dons e aptidões”, diz a coordenadora de Música Erudita da Fundação Cultural de Curitiba, Janete Andrade, ressaltando, ainda, que a programação é para todas as idades.

O repertório – O espetáculo “Joaquim e a Escola Imaginária da Música” reúne as seguintes obras: “Primavera”, de Antonio Vivaldi (1678 – 1741); “É uma partida de futebol”, da banda Skank; “Mundo da Criança”, de Toquinho; “Catira do Passarinho”, de Celso Pan e Jacqueline Baumgratz; “Tico-tico no fubá”, de Zequinha de Abreu; “Turbilhão da Imaginação”, de Marco Aurélio Koentopp; “Réquiem para a infância”, de Fabrício da Rocha e Pedro Fonseca; “Sabiá lá na gaiola”, de Carmélia Alves Curvello; “A Corujinha” e “O Pato”, de Vinicius de Moraes e Toquinho; “Les chants Des oiseaux” (O canto dos pássaros), de Cléments Janequin (1485 – 1558); “Passarinho, que som é esse?”, de Helio Ziskind; “Borboleta Pequenina”, do folclore brasileiro; e “Passaredo”, de Chico Buarque de Holanda e Edu Lobo.

Sobre a APACN – A Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia (APACN) é a primeira Casa de Apoio do Brasil, fundada em 1983. A iniciativa partiu de um grupo de médicos e de pais de filhos com câncer, ao presenciar a difícil realidade de pacientes oriundos de todo o país, que não prosseguiam o tratamento pela carência
financeira. A instituição já recebeu o “Prêmio Bem Eficiente”, sendo considerada de utilidade pública federal, estadual e municipal. Além da Casa de Apoio, conta com as unidades Ambulatório Menino Jesus de Praga, destinada aos atendimentos ambulatoriais, incluindo os pacientes de Curitiba e Região Metropolitana, e com o CEGEMPAC – Centro de Genética Molecular e Pesquisa de Câncer em Crianças.

A instituição ainda oferece gratuitamente serviços de Psicologia e Serviço Social, acompanhamento nutricional, educação (por meio do SAREH – Serviço de Atendimento à Rede de Escolarização Hospitalar), recreação, transporte, alimentação e Oficina de Ofícios (que ensina aos acompanhantes trabalhos artesanais para geração de renda ao voltar à cidade de origem). Em 30 anos de atividades, a associação sobrevive exclusivamente de doações vindas de parcerias com empresas, escolas, universidades e ajuda voluntária da comunidade, numa luta constante pela vida de crianças e adolescentes.

Serviço:

Programa Alimentando com Música com a Camerata Antiqua de Curitiba, no espetáculo “Joaquim e a Escola Imaginária da Música”.

Data e horários: dia 11 de outubro de 2014 (sábado), às 18h30 e às 19h30.

Local: Capela Santa Maria – Espaço Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro)

Ingressos: R$ 30 e R$15 (meia-entrada), com pagamento somente em dinheiro. Gratuito para crianças até 12 anos. A bilheteria reverterá para a APACN – Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia (www.apacn.org.br).

Sobre o autor: Marcelo Wainer

Marcelo Wainer sabe bem a diferença entre comida requintada e comida requentada. Lê pouco, mas lê bem. É o primeiro leitor da newsletter do Alessandro Martins e recomenda que você assine. Assine aqui