Este artigo é fruto de toda a discussão que surgiu durante esta semana em torno do Rec6 sobre a auto-promoção ou não dos blogs.

Caso você ainda não conheça o Rec6, ele é um serviço de notícias em que você pode cadastrar as matérias e votar naquelas que irão ou não para a capa.

Este texto é muito semelhante a um outro artigo sobre o assunto – Faça o Rec6 crescer e todos os blogs ganham, inclusive o seu -, mas foi editado para uma finalidade mais específica.

Ele resume meu posicionamento diante desta ferramenta de notícias e pode ajudar outros editores de blog que:

  • fazem uso dos serviços gratuitos prestados pelo site, sejam eles divulgação e informação.
  • sabem que a melhora do serviço oferecido ao leitor reflete o crescimento da Rede Brasileira de Blogs.
  • apostam no crescimento dos blogs como fonte confiável de informação.

Se você se inclui entre esses, creio que este artigo será útil.

Cadastre os seus próprios artigos

Claro! Nada de errado em cadastrar os seus próprios artigos. Ninguém melhor que você para vender seu peixe. Eu, por exemplo, tenho muito ciúme de meus títulos. Porém, procure filtrar o que você cadastra ou não. Seja um editor severo consigo mesmo. O seu senso crítico é insubstituível e funciona como a primeira peneira de qualidade. Cadastrar apenas artigos originais e relevantes vai aumentar o seu prestígio entre os leitores, sejam eles editores de blog ou não, diminuir o trabalho de quem vota e aumentar a qualidade da capa do Rec6.

Cadastre artigos de outros editores

Quanto mais e mais editores do Rec6 – e isso inclui você – cadastrarem artigos de outros blogs, sites de notícia, fóruns e de muitas outras fontes possíveis, mais isso indicará a maturidade do serviço, da Rede Brasileira de Blogs e da internet em língua portuguesa como um todo, sem falar que indiretamente aumenta a relevância das notícias. Lembre-se: existem muitos blogs e sites que ainda não conhecem o Rec6 e o seu potencial. É impossível que nesse vasto universo você não encontre algo novo para compartilhar com os outros usuários. Se o artigo já estiver cadastrado, não desanime: é a chance de votar nele.

A internet não se resume a blogs

Blogs são legais e falam direto a você. Mas a internet não se resume a eles. Nada impede que você cadastre notícias encontradas em portais, jornais online, fóruns e, até mesmo, fotos e gráficos avulsos.

Não cadastre matérias que exijam login

As matérias cadastradas devem estar acessíveis a todos. Se, depois de clicar no link no Rec6, o leitor precisar fazer um cadastro ou mesmo pagar para lê-las pode ter certeza de que dificilmente ela irá para a capa e, se for, vai acabar tornando você um editor impopular.

Vote. Vote muito.

Ao cadastrar uma matéria, você vai parar na página de novos artigos. É a sua chance de votar em artigos recém-cadastrados. É muito triste ver diversas matérias que acabaram de ser publicadas e, abaixo delas, a quantidade de votos inalterada. Quer dizer que quem cadastrou aquelas matérias mais recentes não contribuiu com um voto sequer nas anteriores. Vote até mesmo quando você não cadastrar nada. E não se limite a votar na página inicial.

Tenha critério

Antes de votar, abra a matéria em uma nova aba ou janela. Veja se ela realmente vale a pena. Isso vai evitar que artigos de baixa qualidade ou redirecionamentos vão para a capa.

Evite cadastrar redirecionamentos

Tem sido comum encontrar matérias cadastradas que não passam de redirecionamentos para os sites realmente interessantes. Não faça isso. Cadastre o destino final e não queime a cara. Não tente conseguir tráfego para o seu blog às custas do voto e do site alheio. É feio. Muito feio.

Extra! Divulgue!

Existem várias pessoas que não se interessam em ter um blog, mas se interessariam em contribuir com um site de notícias em que o usuário escolhe o que vai para a capa ou não. Mostre o site para outras pessoas e como é fácil, divertido e, até mesmo, profissionalmente útil participar desse processo.

Ensine seus leitores, professor!

Escreva um post em que você ensine seus leitores – aqueles que não são editores – a se cadastrarem no Rec6 e a importância de que eles votem em seus artigos. Afinal, se eles são seus leitores devem gostar de seus textos por algum motivo. É a sua chance de emplacar mais artigos na capa do site.

Socialize! Você também é um animal social!

Acompanhe as discussões e matérias que se destacam na capa do site e escreva sobre elas. Isso vai criar uma cultura de links que ultrapassa o próprio Rec6 e se estende para a Rede Brasileira de Blogs. Agora existe a possibilidade de assinar as atividades dos demais usuários e isso é outra maneira de acompanhar o que acontece. Saber socializar é o tipo de coisa que vai fazer você crescer como editor profissional de blogs.

É leitor de blogs e ainda não sabe como usar o Rec6?
Aprenda nestes artigos:

  • Seja agora editor de um site de notícias no Rec6 – no Alessandro Martins – Livros e Afins.
  • Como usar o Rec6 – no Carreira Solo.

 

Sobre o autor: Alessandro Martins

Sou o editor deste blog. Trabalhei como jornalista em Curitiba de 1995 a 2008, quando fui demitido e passei a me dedicar a escrever apenas na internet, em blogs e mídias sociais. Agora estou publicando minha newsletter que tem milhares de leitores: assine!