Duplo Homicídio - novelas - foto Marco Novack 2

A Cia. Vigor Mortis estreia seu novo espetáculo “Duplo Homicídio na Chaptal 20” nesta quinta-feira (6), às 20h, no Teatro Novelas Curitibanas. O espetáculo divide-se em duas montagens – “Farol em Fúria” e “Crime no Manicômio” – que são encenadas na mesma noite, com um intervalo de 15 minutos entre uma e outra. A peça enquadra-se no gênero do teatro de horror e ficará em cartaz até 7 de dezembro (sessões de quinta-feira a domingo) com entrada franca.

O endereço do título da peça se refere ao Thêátre du Grand Guignol. o célebre teatro de horror de Paris que levou a seu palco centenas de peças de horror e violência entre 1897 e 1962. Mais do que um simples endereço, o Grand Guignol entrou para a história como um gênero e uma estética. Seu legado é uma das bases de estudos da Vigor Mortis desde sua criação em 1997.

Cada noite do Grand Guignol era formada por diversas peças. O objetivo desta produção é recriar a experiência do teatro parisiense, com um olhar contemporâneo. “É um retorno da companhia às suas origens. Fazemos este retorno de tempos em tempos”, afirma o diretor Paulo Biscaia Filho. “Em 2010, com Vigor Mortis Peep Shows, tivemos uma primeira volta ao estilo que nos serve de base. Agora, que temos um novo corpo de atores na Vigor Mortis. Era hora de mais uma vez voltar os olhos para as raízes da companhia como um espaço de reflexão e prática sobre a estética do Grand Guignol”, explica.

Montagens – “Farol em Fúria” é um texto original do diretor Paulo Biscaia Filho que teve como inspiração um dos ambientes recorrentes em algumas montagens clássicas do Grand Guignol. A peça conta a história das irmãs Meg e Lizzie, donas de uma pousada na ilha de Nantucket, na Nova Inglaterra, em 1947. Depois de enfrentarem um cachorro contaminado com raiva, as duas se protegem de uma tempestade no farol administrado pelo soturno e misterioso Pops, um ex-combatente da Segunda Guerra com um segredo aterrador.

A outra peça apresentada na mesma noite é “Crime no Manicômio”, inspirada em “Crime dans une Maison de Fous”, uma das peças mais encenadas no Grand Guignol. Nesta transposição, escrita por Paulo Biscaia Filho e Raphael Cassou, a história se situa no manicômio de La Castañeda, no México, também nos anos 40. Uma jovem garota chamada Luisa recebe a promessa de liberdade da instituição, mas em sua última noite é atormentada por um trio de psicóticas.

O diretor afirma que “Duplo Homicídio na Chaptal 20” recebe influências estéticas de filmes noir dos anos 40, assim com algumas pitadas de narrativas de revistas de terror como a Creepy e a Cripta. “A plateia terá a sensação de ver ao vivo um filme de Jacques Tourneur ou Fritz Lang” , diz Biscaia.

Elenco – O elenco é formado por um time variado com integrantes da Vigor Mortis somados a intérpretes convidados. “Farol em Fúria” traz as atrizes Guenia Lemos (vencedora do Tabloid Witch Award de Melhor Atriz por Nervo Craniano Zero) no papel de Lizzie, Viviane Gazotto no papel de Meg e Cleydson Nascimento ( de O Coração que Falava Demais) no papel de Pops. “Crime no manicômio” traz sete nomes em seu elenco: Rubia Romani ( a Dra. Stella Zorn da peça Seance) interpreta a jovem Luisa; Guenia Lemos está acompanhada das conhecidas atrizes curitibanas Eliane Campelli e Raquel Rizzo fazendo o trio de lunáticas Corcunda, Tijuana e Caolha; Viviane Gazotto faz a freira que cuida do manicômio e Raphael Cassou (ator curitibano radicado no Rio de Janeiro e estudioso de Grand Guignol) como o alienista Dr.Maillard.

O cenário é de Guenia Lemos (indicada ao Troféu Gralha Azul por Vigor Mortis Jukebox Vol 1) e recria o ambiente de um beco típico do cinema noir. A luz é de Wagner Correa (vencedor do Troféu Gralha Azul por Av.. Independência 161). Os efeitos de maquiagem são assinados por Isabela Japiassú e os adereços são da dupla Diego Perin e Michelle Rodrigues. A produção e as fotos são de Marco Novack e a direção geral é de Paulo Biscaia Filho.

“Duplo Homicídio na Chaptal 20” é a vigésima primeira produção teatral da Vigor Mortis. A montagem foi viabilizada pelo Fundo Municipal de Cultura da Prefeitura de Curitiba.

Serviço:

Espetáculo “Duplo Homicídio na Chaptal 20”, da Cia. Vigor Mortis

Local: Teatro Novelas Curitibanas – R. Carlos Cavalcanti, 1222 – São Francisco

Data e horário: 6 de novembro a 7 de dezembro de 2014, de quinta-feira a domingo, às 20h

Entrada franca

Mais informações pelo site www.vigormortis.com.br

Sobre o autor: Marcelo Wainer

Marcelo Wainer sabe bem a diferença entre comida requintada e comida requentada. Lê pouco, mas lê bem. É o primeiro leitor da newsletter do Alessandro Martins e recomenda que você assine. Assine aqui