Eu não sei se eu fico triste com este vídeo que mostra trabalhadores da Costa do Marfim que trabalham cultivando, colhendo cacau, extraindo as sementes e preparando-as para serem enviadas para a Europa ou se fico feliz com a legítima expressão de felicidade dessas pessoas ao experimentarem o sabor do doce pela primeira vez na vida e sua vontade de compartilhar a boa nova com os amigos. Muitos deles não faziam nem ideia do que o “homem branco” – em suas palavras – fazia com as sementes. Veja o vídeo, se encante e tente ver o mundo de uma maneira diferente.

Você pode achar triste, bonito, curioso. Não importa.

Mas você, como eles, também produz, colhe e vende produtos. Físicos ou abstratos.

Sabe o que é feito a partir deles.

Nunca é demais se colocar no lugar dos outros em ambas as vias.

 

Sobre o autor: Alessandro Martins

Sou o editor deste blog. Trabalhei como jornalista em Curitiba de 1995 a 2008, quando fui demitido e passei a me dedicar a escrever apenas na internet, em blogs e mídias sociais. Agora estou publicando minha newsletter que tem milhares de leitores: assine!