A Biblioteca Li Yuan, idealizada pelo Lixiaodong Atelier, se encontra na pequena aldeia de Huairou a duas horas de Pequim.

É ao mesmo tempo moderno e um cenário de contemplação silenciosa, perfeito para a leitura dos moradores que queiram a companhia dos livros.

Uma das ideias foi complementar a paisagem com o edifício. Então, em vez de adicionar um novo edifício no interior do centro da vila, foi escolhido esse local próximo às montanhas, a cinco minutos do centro da vila.

Por causa da beleza esmagadora da natureza circundante a intervenção é modesta em sua expressão exterior. Os arquitetos disseram não poder competir com o esplendor natural. O edifício combina com a paisagem através da escolha de materiais delicados e a colocação cuidadosa do volume de construção.

Especialmente a escolha do material é fundamental na mistura com as características regionais. Depois de analisar as características material local na aldeia encontramos uma grande quantidade de varas de madeira de origem local empilhados ao redor de cada casa. Os aldeões se reúnem essas varas durante todo o ano para abastecer seus fogões de cozinha. Assim, decidimos usar esse material simples e de forma extraordinária, o revestimento do edifício em texturas familiares de uma forma que é extremamente sensível.

O interior do edifício tem um caráter muito expressivo embora, seu interior é espacialmente diverso, usando degraus e pequenas mudanças de nível para criar lugares distintos. O edifício é totalmente envidraçado para permitir um espaço totalmente iluminado pela luz do dia. As varas de madeira temperam a luze a espalham uniformemente em todo o espaço para proporcionar um ambiente para leitura.

Sobre o autor: Alessandro Martins

Sou o editor deste blog. Trabalhei como jornalista em Curitiba de 1995 a 2008, quando fui demitido e passei a me dedicar a escrever apenas na internet, em blogs e mídias sociais. Agora estou publicando minha newsletter que tem milhares de leitores: assine!