15 erros de português… que talvez você cometa diariamente

Quando se fala de livros de gramáticos, há que se separar o joio do trigo. Ou seja, os bons conselhos daquilo que é meramente transtorno obsessivo-compulsivo. Também distinguir o que são erros de portuguêserros gramaticais propriamente ditos – daquilo que é meramente preconceito linguístico.

No entanto, gosto muito do Luiz Antonio Sacconi, que não faz nenhuma questão de parecer simpático, como tem sido moda depois do surgimento do professor Pasquale Cipro Neto.

Sacconi é radical em alguns pontos e seu aparente mau-humor chega a ser divertido. Seus livros, de fato, são fáceis de ler e abordam os problemas cotidianos. Recomendo sobretudo o Não Erre Mais.

Sabendo-se obter de 1000 erros de português – os pontos mais úteis para a vida prática, o autor pode ajudar em muito na escrita e nas conversas mais formais do dia-a-dia. Ou seria dia a dia?

Separei alguns erros de diferentes naturezas que, em uma primeira folheada, chamaram-me mais a atenção, ou por sua curiosidade ou por sua freqüência diária:

  1. Super-interessante
    Na famosa revista está grafada a palavra Super- acima de -interessante. Dado o desconto por tratar-se de um nome, uma marca, deve-se chamar a atenção: a palavra superinteressante escreve-se sem hífen. E, portanto, não teria essa divisão silábica, mas esta: su-pe-rin-te-res-san-te.
  2. Um agravante, um atenuante
    Agravante e atenuante são palavras femininas. Portanto, uma agravante, uma atenuante. Sempre.
  3. Todo mundo
    Todo o mundo erra essa. Todo o mundo precisa saber que o correto é “todo o mundo” em qualquer situação.
  4. Qualidade que você gosta
    Outro erro comum nos reclames diários. Quem gosta, gosta de alguma coisa, portanto, a marca de que você gosta
  5. O banco que você confia
    Quem confia, confia em alguma coisa. Portanto, o banco em que você confia.
  6. A janta está na mesa
    A janta está quase consagrada pelo uso, como se costuma dizer nos meios gramáticos. Mas, se você preferir uma forma mais correta, diga sempre que o jantar está na mesa.
  7. Desculpe a nossa falha
    Se você der alguma informação errada em seu blog, não diga “desculpe a nossa falha”. Quem desculpa, desculpa alguém de (ou por) alguma coisa. Então: desculpe-nos pela falha.

Pronúncia

Os erros de pronúncia são vários. Algumas palavras ficam até esquisitas se pronunciadas da maneira correta e você corre o risco de ser considerado uma criatura exótica, mas – fazer o quê? – vamos a alguns deles:

  1. Um xeróx
    Tire sempre uma xérox (o acento, nos dois casos, é ilustrativo). Na dúvida, peça uma fotocópia.
  2. Féche a porta
    A pronúncia correta é fêche a porta, com o e fechado (o acento é ilustrativo).
  3. Incêsto
    A pronúncia correta é incésto (o acento também é ilustrativo).
  4. Toráxico
    Escreva e pronuncie torácico.
  5. Aerosol
    Escreva e pronuncie aerossol.
  6. Comprar no Éxtra
    O “e” é fechado. Faça compras no Êxtra (novamente, acento meramente ilustrativo). Acho que nas propagandas a pronúncia usada é com o e aberto.
  7. Sintaxe pronunciada sintakse
    Essa é para os programadores de plantão. O seu código não está com problemas de “sintakse”, está com problemas de “sintásse“. As grafias entre aspas são meramente ilustrativas. A grafia correta é sintaxe.
  8. Subzídio
    Escreve-se subsídio e pronuncia-se subcídio.

Bem, agora vou ali dar uma revisada nos artigos passados, pois certamente eles estão cheios de erros. Adimito. Digo, admito.




Conheça nossa newsletter

Comente com:

Loading Facebook Comments ...